...

Ela realmente nunca teve uma chance
Naquela decisiva noite enluarada
Sacrificada sem uma luta
Uma vítima das circunstâncias

Agora que eu estou a par
E eu expus esta tragédia
Uma tristeza cresce dentro de mim
Tudo isso parece tão injusto

Eu estou aprendendo tudo sobre minha vida
Olhando pelos olhos dela

Logo além dos portões do cemitério
Onde a grama está alta
Eu vi a escritura na sua pedra
Eu me senti como se estivesse sufocando

Em doce memória de nossa filha
Tão inocente, olhos bem abertos
Eu me senti tão vazio enquanto chorava
Como se parte de mim tivesse morrido

Eu estou aprendendo tudo sobre minha vida
Olhando pelos olhos dela

E enquanto a imagem dela
Vagava pela minha cabeça
Eu chorei como uma criança
Enquanto deitava acordado na cama

E eu sei como é
Perder alguém que você ama
E eu me senti exatamente igual

Ela não recebeu nenhuma opção
Desespero roubou sua voz
Eu ganhei muito mais na vida
Eu tenho um filho, eu tenho uma esposa

Eu tive que sofrer uma última vez
Para pesar por ela
Aliviar a angústia do meu passado
Para descobrir quem eu fui finalmente

A porta se escancarou
Eu estou mudando com os acontecimentos
Olhando pelos olhos dela 



[Autor Desconhecido]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita!
Volte Sempre!