Outro Palco

Afasto explicações, quero silêncio 
para sorver a mágoa inexplicável, 
os gestos mais sentidos, o olhar frio 
e a decisão de nunca mais voltar! 

Diante das fugas, nortes sem destino, 
os descontentamentos me sufocam. 
Assim, prefiro a dor da solidão, 
a ter que sucumbir perdido em dúvidas! 

Estando só - martírio que me intriga -, 
encontrarei saídas, soluções, 
castelos de ilusões assumirei! 

Não pedirei motivos nem razões! 
As causas, sigam todas para o inferno! 
Repensarei meus sustos noutro palco!

(Autor Desconhecido)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita!
Volte Sempre!