[Lançamento] O Gigante do Maracanã


“O que era aquela grama toda e aquele céu todo e aquele mundo de gente, de bandeiras, de cimento? Um mundo de mundos, eu nunca tinha visto nada assim.”



Em O Gigante do Maracanã, é possível assistir a uma grande partida, onde está em jogo muito mais que um placar. Lá estão uma menina e seu pai. Qual a distância entre eles? Hoje, estão bem próximos, no meio de uma torcida. É a primeira vez que o pai a leva pra ver um jogo de futebol, e essa aventura acontece na arquibancada daquele estádio imenso, o grande Maracanã. Não, o gigante!

A narrativa situa-se entre o final dos anos 50, início dos 60; acompanhamos as jogadas de futebolistas que entraram para a história do nosso futebol, como Garrincha, Amoroso e Carlos Alberto. Apesar da final fictícia, apresenta-se um clássico do esporte: mas, a emoção maior acontece nas arquibancadas, onde pai e filha assistem e sofrem juntos pelo seu time do coração. A primeira vez no estádio foi marcante para a narradora. Teve que aprender a lidar com a dor de ver seu time perder e, principalmente, aprofundou a relação com seu pai e viveu um momento muito especial ao seu lado.

“Foi gostoso ver de novo aquele verde todo, que tinha fim, mas parecia que não tinha. E eu já sabia o nome de todo mundo, menos dos palhaços. Quer dizer dos palhaços eu sabia só o ‘Garrincha! Garrincha! Garrincha’. Mas não falava não. E a gente continuava gritando e só parava quando vinha o Garrincha, pra eu fechar um olho e o Altair-Magrinho derrubar ele.”


As ilustrações e o projeto gráfico seguem as cores do time dos protagonistas: branca, vermelha e verde, do Fluminense. Forte e marcante, o projeto dá vida ao universo do futebol.


Sobre o autor
Cesar Cardoso, escritor e fotógrafo, é formado em Letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. É colunista da revista Caros Amigos, e para a tevê já criou roteiros para os programas TV Pirata, Sai de Baixo, A Grande Família e Toma Lá Dá Cá, da Rede Globo.
Sobre o ilustrador
Larissa Ribeiro é formada em Arquitetura, mas atua como ilustradora. Já morou na Itália, na Inglaterra e na Espanha para estudar ilustração.
Sobre a Editora Biruta
A Editora Biruta, criada no ano de 2000 pelas sócias Eny Maia e Mônica Maluf, tem seu foco na Literatura Infantil e Juvenil. Os seus livros já receberam diversos prêmios, como o Altamente Recomendável da FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil) e o Jabuti, além de terem sido inseridos em catálogos internacionais e selecionados pelo PNBE (Programa Nacional Biblioteca da Escola). A proposta da Editora Biruta é oferecer aos seus leitores o melhor texto, ilustrações criativas e projetos gráficos instigantes, por meio de temas que lhes acrescentem novas vivências e se abram a múltiplas interpretações – sempre de maneira lúdica e inventiva.


O Gigante do Maracanã, Cesar Cardoso, R$ 32,50, ISBN 978-85-7848-147-6, a partir de 08 anos, 56 páginas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita!
Volte Sempre!