[Entrevista] Autor Murillo Magalhães

Mais um autor que tive o prazer de conhecer no evento que fui em São Paulo o Leiturimpíada (Se você não viu o vídeo do bate-papo com autores, confira aqui). E foi interessante que estava conversando com ele sem saber que ele era autor, ai quando começamos a falar de e-book, eu disse: Ah! Eu prefiro livro físico. Ai ele disse: Mas meu livro é e-book.
Na hora eu pensei ops! falei besteira. Mais ele continuou falando do livro dele e a forma que ele falava e contava como tinha sido escrita a história, me instigou muito a querer ler o livro dele.
Li, Adorei, Resenhei (Aqui) e claro que não podia deixar de entrevistá-lo até porque ele é uma pessoa super bacana!



Suka: Fale um pouco sobre você:
Murillo: Bom, eu sou uma pessoa comum, tenho 30 anos, uma família que amo, e tenho uma habilidade magnífica de aprender e fazer coisas novas. Trabalho com T.I há 8 anos, faço capas para livros, e escrevo sempre que posso.

Suka: Você sempre quis ser escritor?
Murillo: Não, esse não era um sonho que eu tinha. Sempre quis ter um negócio próprio, ou trabalhar em uma grande empresa na área de T.I, mas nunca sonhei em escrever. A escrita veio da necessidade de fugir do cotidiano, da necessidade de fugir e poder viver uma vida que não era minha. De poder estar na pele de outra pessoa e poder esquecer, nem que fosse por algumas horas, de quem eu sou.

Suka: Como surgiu a ideia de escrever o livro Os Legados do Sol e da Lua?
Murillo: Essa história foi muito bagunçada. Escrevi e reescrevi várias vezes. Li em algum lugar que um escritor de verdade não deixa seus livros tomarem vida própria (isso para evitar erros e incoerências), tem que ser tudo muito técnico e preciso, coisa que eu discordo. Os Legados do Sol e da Lua, tomou uma proporção gigante conforme os acontecimentos iam acontecendo. Em um momento, Isa, uma das personagens da minha história, era uma adulta mesquinha e rica, com a sociedade aos seus pés. Mas a história não quis que fosse assim, então eu tive que voltar e reescrever a história de Isa.



Suka: Já escreveu outros livros ou pretende escrever?
Murillo: Os Legados do Sol e da Lua, foi meu primeiro trabalho como escritor. Mas tenho dois livros para escrever. O Inferno de Jonas, que será um suspense/terror psicológico, e a continuação de Os Legados do Sol e da Lua, que será fantástica!

Suka: Quanto tempo levou para escrever esse livro?
Murillo: Entre idas e vindas, cerca de 1 ano. Nos 3 primeiros meses escrevi cerca de 4 capítulos, parei por cerca de 6 meses. Quando retornei a escrita, reescrevi o terceiro capítulo e terminei o livro em 3 meses.

Suka: Quem te apoiou na sua ideia (editora, família, amigos)?
Murillo: Existem algumas pessoas que são muito importantes na criação do meu livro. A Gisa da Editora PenDragon, o pessoal nos grupos do Whatsapp, minha esposa.

Suka: Fale um pouquinho sobre seu livro.
Murillo: Os Legados do Sol e da Lua: Sonhos Marcados, vem sendo uma experiência interessante. As pessoas que leram dizem sobre a história ser “diferente do que se vê no mercado”. Uma história que te prende, que te surpreende e que faz você entrar em uma montanha russa de emoções diferentes a cada capítulo. E uma coisa eu te garanto..
Nada é o que parece.

Mais uma vez agradeço ao Murillo por se disponibilizar em responder a entrevista e por me proporcionar a leitura de seu livro e admito estou ansiosa para a continuação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita!
Volte Sempre!