[Resenha] A Herdeira


Livro: A Herdeira
Autora: Kiera Cass 
Páginas: 391
Ano: 2015

Quarto livro da série A Seleção (Resenha) após Maxon se tornar rei sua primeira ação foi a extinção das castas, como forma de propor igualdade para seu povo, porém uma parte da população começa a retaliar a família real e Maxon pensa numa maneira de entreter seu povo até que ele possa resolver os problemas, então decide que haverá uma nova seleção dessa vez 35 pretendentes e uma princesa, sim é o que vocês leram, Maxon e America tiveram filhos e o trono será da sua primogênita Eadlyn, que terá que passar por uma seleção, porém, tendo sido criada para ser rainha, ela não aceita muito bem a ideia e bola algumas alternativas para afastar seus pretendes. Mas com o passar dos dias ela acaba se envolvendo com a vida pessoal de alguns deles e passa a se questionar sobre seus modos. 
Eadlyn não consegue se ver dependente de um homem, ela é toda independente, forte e determinada e na seleção ela tem que se fazer frágil, e não é isso o que ela quer.
De inicio eu não gostei muita da Eadlyn ela acha que o mundo gira em torno dela, é toda mimada, metida e só olha pro seu umbigo, me deixou bem irritada em algumas partes, mas depois dá para aceitar algumas atitudes dela, que por sinal em alguns aspectos começa a mudar.
Os outros personagens do livro anterior como Aspen, Lucy e Marlee aparecem pouco na história, mas mesmo assim ainda aparecem.

Bem como os outros livros a leitura é bem fluida e quero logo ler o próximo livro pois muita coisa fica no ar.



Alguém já leu?
O que achou?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita!
Volte Sempre!