[Resenha] A Garota do Trem


Livro: A Garota no Trem
Autora: Paula Hawkins
Páginas: 377
Ano: 2015

Esse livro é incrível, ele começa sendo narrado pela Rachel, uma alcoólatra que todo dia pega o trem rumo a Londres e fica em um trecho onde o trem para olhando as casas, sempre no mesmo horário e ela acaba reparando um casal e começa a criar ou melhor a fantasiar a vida desse casal.
Depois o narrador muda, dessa vez quem narra é a Megan e temos que nos atentar as datas das narrações para não se perder. A Megan é uma jovem, casada com Scott, mas que por motivos pessoais fechou a galeria da qual era dona e passou a viver em casa todos os dias e após um tempo ela decide ser baba da Evie, filha da Ana com o Tom, que é ex-marido da Rachel.

"Não quero magoar ninguém, mas você tem de ser fiel a si mesmo, não tem? É só isso que estou fazendo, sendo fiel a mim mesma, a essa versão de mim que ninguém conhece." (Megan)

Então os capítulo vão se intercalando entre as duas e las vão contando fatos do presente e do passado da vida delas. A Rachel conta suas angústias, o motivo de ser alcoólatra, o motivo pelo qual Tom a deixou e a Megan conta sobre seu casamento, seus segredos e busca um terapeuta.
Numa certa manhã a Megan desaparece e a Rachel ver a noticia e a reconhece como a jovem que ela vê da janela do trem e decide que pode ajudar.
Passamos a ter narrações da Megan dias antes de seu desaparecimento e de repente surgi narrações dias antes de seu desaparecimento. E de repente surgi narrações da Ana e as três começam a intercalar.

"Preciso encontrar um jeito de me fazer feliz, que tenho de procurar a felicidade em outros lugares." (Megan)

Os policias, bem como Scott e Rachel, querem descobrir porque e como a Megan desapareceu, e várias sugestões aparecem, quem seria o culpado Scott seu marido ou Kamal seu terapeuta?

"Gente com quem se tem uma história em comum acaba não saindo da sua vida, e, por mais que você tente, não consegue desapegar, se libertar." (Ana)

O que a Rachel fez no dia do desaparecimento de Megan que ela não consegue se lembrar? O que a Megan esconde? Que Segredo é esse que ela não consegue contar a Kamal?
Com o desenrolar da história as coisas vão clareando e vamos descobrindo que nunca conhecemos de fato aquelas pessoas que convivemos, todos tem segredos e se comete um deslize eles acabam surgindo.

"...de repente estou vivendo o momento e simplesmente penso, foda-se, a vida é curta." (Megan)

Super recomendo!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita!
Volte Sempre!