[Resenha] Montanha da Lua


Livro: Montanha da Lua
Autora: Mari Scotti
Páginas: 281
Ano: 2015

Sinopse: Há séculos, uma verdade acompanha cada herdeiro do ducado de Bousquet: A Maldição dos Hallinson’s.Conta-se que a tragédia os acompanha, levando à morte as esposas em seu primeiro ano de matrimônio. Geração após geração, aprendem sua sina e a regra a seguir para possuir uma união frutífera e longa.Octávio Hallinson Segundo sofre as consequências de não seguir esses ensinamentos. Viúvo, isolou-se da sociedade, fugindo da responsabilidade de casar-se novamente para providenciar um herdeiro para seu título. Um homem marcado pela dor.Mical Baudelaire Nashgan sempre foi uma mulher decidida, enfrentando as ordens de sua tia e negando-se a seguir o protocolo que obrigava mulheres a procurar maridos apenas por posse de títulos e dinheiro e não por amor.O posicionamento contraditório aos costumes afastou os candidatos, tornando-a uma das únicas solteironas que sua província conheceu. A mais bela dentre elas.Uma tragédia a coloca frente aos perigos da floresta aos pés da Montanha da Lua e seu futuro torna-se incerto e assustador.

Nesse livro a autora consegue nos prender com uma narrativa fantástica, o intercalar dos personagens dá um suspense que só dá vontade de parar de ler quando terminamos o livro. Um romance, com cenas sensuais e recheado de suspense e mistério.

"Por que o proibido sempre retorna para atormentar aqueles que se empenham em resisti-lo?"

Nessa história iremos conhecer a Mical, uma mulher com mais de 30 anos que há muito já deveria está casada, pois para sua época ela não passava de uma solteirona, uma mulher forte e decidida, e apenas se casaria por amor.

"Quando o pavor e o amor se encontram em um único momento, o resultado pode ser catastrófico, em raras vezes benéfico."

Ao voltar para sua casa pela floresta, ela sofre um ataque e desmaia, acordando numa cabana no meio da floresta e é a partir daí que conheceremos Octávio Hallinson, um homem misterioso, que carrega uma maldição de sua família, maldição essa que faz com que ele não se permita amar ninguém. Mas quem manda no coração?
Octávio começa a travar uma guerra dentro de si, pois desejava Mical e por medo de perdê-la a faz sofrer, Mical o ama e fica sem entender algumas atitudes do seu amado.

"A ignorância é uma benção, dizem, e agora tinha certeza absoluta que estavam certos."

Além dos dois personagens principais, iremos ter capítulos narrados por outros personagens e um desses capítulos é narrado pela tia de Mical, que esconde um grande segredo.
O livro me fez sentir raiva, devido a teimosia de Octávio e em alguns momentos me fez chorar. 

"A felicidade inicialmente assusta, levando as pessoas a esperar sempre por uma má notícia, contudo a alegria contínua doa alento e conforta corações apaixonados, superando qualquer recusa ou medo com o passar dos anos, provando assim que é possível suplantar adversidades se aceitar enfrentá-las de frente e não correr a cada indício de dificuldade."


Se você deseja adquirir o livro acesse aqui
E Boa Leitura!

Um comentário:

  1. Amei sua resenha ♡♡♡♡♡. Obrigada por compartilhar suas impressões com a gente. Bj Mari

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita!
Volte Sempre!