[Resenha] Raposo Tavares: O último Bandeirante


Título: Raposo Tavares
Subtítulo: O último Bandeirante
Autor: Pedro Pinto
Editora: Planeta
Páginas: 272
Ano Lançamento: 2012

Graças à imaginação do escritor, o leitor será apresentado a um Raposo Tavares mais fantástico — e menos histórico —, dedicado não só à conquista de territórios, mas, por exemplo, ao conhecimento das infusões e unguentos indígenas, levando muitos de seus inimigos a associá-los à magia — afinal, o que mais poderia explicar a admirável resistência desse homem aos perigos escondidos no então desconhecido território brasileiro?
Em meio a essas e a outras saborosas histórias, o livro também relata os importantes feitos e batalhas travadas por esse bandeirante, que, ao abrir picadas na mata, empurrou as fronteiras brasileiras a territórios pouco conhecidos dos tratados e cartografias da época, elevando-o quase a um super-herói e fazendo justiça ao seu espírito desbravador.
Um livro que nos leva para um Brasil pouco explorado, misturando ficção com boas e intensas doses de realidades.

O jornalista português Pedro Pinto, apresenta o personagem principal da história, o bandeirante Raposo Tavares, o jornalista tem uma escrita primorosa e ao mesmo tempo instigante, pois presenciamos todas as expedições que Raposo Tavares fez em sua vida.

O autor deixa bem claro “Este é um romance, não um livro de história”. Um personagem marcante que fez toda diferença no percurso de Portugal e principalmente do Brasil.

No inicio da obra tem partes que são um pouco exaustivo, pois vamos conhecendo outras pessoas que fizeram diferença nas expedições até chegar aos relatos minuciosos de Raposo.

São aspectos incríveis de cada expedição dos valentes Bandeirantes, sufoco, privações e risco de vida, tudo isso em um esplêndido e rico livro. 

11 comentários:

  1. Conhecia o nome do personagem mas já que é um romance então acho que a questão dos fatos históricos vão ficar em outro contexto mesmo, já que o autor utilizou somente o personagem em si. Interessante.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
  2. Interessante. Um livro baseado em um gênero romance, tem uma narrativa mais longa. Acredito que alguns tem uma entrada um pouco mais cansativa ( alguns). Logo, porque há livros que precisam abordar um conhecimento maior do cenário.

    Amei <3

    ResponderExcluir
  3. Ola
    Nossa que interesssante, acho que falta isso no Brasil, transformar nossos personagens importantes em algo interessante, tudo bem que não o personagem histórico, mas quando a pessoa descobre que aquele cara existiu ela vai pesquisar um pouco mais sobre ele e aprender mais sobre a História. Fiquei encantada com o livro, dica anotada.

    ResponderExcluir
  4. Hello! Tudo bem?
    Não conhecia a obra, mas pelo que falou acho que nao é mto do meu gosto literario.
    A capa está bem bonita, remete bem ao tempo tratado na historia.
    Obrigada pela dica, mas dessa vez vou passar.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  5. Este livro com certeza é um dos que não leria, pois sempre que tento ler livros assim, acabo deixando de lado ou lendo forçada e não entendendo nada. Beijos, tua resenha ficou ótima!

    ResponderExcluir
  6. Oi,
    Fiquei bastante curiosa com a história, gosto de conhecer um pouco esse lado cultural tão pouco explorado. Mesmo sabendo, que não é um livro histórico fiquei curiosa!
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  7. Oie
    Tudo bem?
    Não conhecia a o livro não me chamou muita atenção nem a sinopse e nem as suas impressões apesar de sua resenha reenha ter ficado bacana geralmente não é meu estilo de leitura.
    Adorei o post obrigada pela dica
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  8. Olá
    Não conhecia o livro, mas achei a capa simplesmente fantástica.
    Pelo que você disse pude perceber que a história parece ser bem interessante, mas infelizmente não é muito o meu estilo, por isso vou ter que passar a dica.
    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  9. OOI!
    Desconhecia o livro e o autor...
    Olha, mesmo com seus comentários positivos a obra não chamou minha atenção. Contudo, acho que quem gosta de livros do gênero deve ser um prato cheio.
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  10. Oiii!!

    EU não conhecia o livro e achei ele interessante. Com o passar do tempo é possivel perceber a diferença entre um livro de jornalista e um livro de autores normais. São mais cansativos e detalhados, mas não ´perdem o brilho, muito pelo contrario, são fascinantes.


    Beijinhos

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?
    Cara... a premissa é até interessante, mas passo a dica.
    Minha vibe no momento tá agarrada em outro gênero e confesso que to tentando desgarrar, mas tá difícil hahahahaha
    Abraço

    http://www.viciadosemleitura.blog.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita!
Volte Sempre!