[Entrevista] Autor Marcel Trigueiro

Hoje trago para você a entrevista feita com o autor Marcel Trigueiro que escreveu o livro Cela Sem Portas (Resenha)




Suka: Fale um pouco sobre você: 
Marcel: Meu nome é Marcel Trigueiro, trabalho com computação há mais de quinze anos e tenho mestrado na área e computação de alto desempenho, que na verdade é uma área bastante abrangente. Atualmente, trabalho com sistemas de Telecom.

Suka: Você sempre quis ser escritor?
Marcel: Não. A semente surgiu quanto eu conversava com minha esposa quando éramos recém-casados, quando eu falava sobre alguns elogios que eu recebera quando eu fazia minha graduação por causa dos artigos que eu publicava numa revista da universidade. Durante a conversa, ela perguntou: “por que você não escreve um livro? ”.
Resolvi acatar a ideia. Mas antes disso, nunca havia pensado que, de fato, eu poderia ou iria querer escrever livros.

Suka: Como surgiu a ideia de escrever o livro Cela sem portas?
Marcel: Cela sem portas veio como consequência natural da necessidade de escrever um segundo livro. Já tendo escrito O próximo alvo, eu pensei se valeria à pena seguir com a série policial, mantendo alguns dos personagens (Matheus, principalmente) ou se seria melhor romper com aquela linha e escrever algo totalmente novo. Escolhi a primeira opção e resolvi investir na série.
A semente da história veio na escolha do personagem Miguel, que já havia aparecido em uma de minhas crônicas. Com essa definição (de que o estudante Miguel e o agente de inteligência Matheus fariam parte da história), as ideias para a trama começaram a surgir.

Suka: Já escreveu outros livros ou pretende escrever?
Marcel: Sim, como mencionei na resposta anterior, já escrevi O próximo alvo e pretendo escrever outros, compondo uma série policial.

Suka: Quanto tempo levou para escrever esse livro?
Marcel: Para este livro, até o produto final, creio que tenha gastado pouco mais de dois anos.

Suka: Quem te apoiou na sua ideia (editora, família, amigos)?
Marcel: Minha esposa foi minha principal apoiadora.

Suka: Fale um pouquinho sobre seu livro.
Marcel: Cela sem portas é um thriller que gira em torno do sequestro de um ônibus. Como um livro policial, tem personagens policiais que atuam para pôr fim ao sequestro.
Porém, temos em paralelo a história do personagem Miguel, um garoto como paralisia que consegue mover apenas parte de uma mão, os olhos e as pálpebras, necessitando de todo um aparato de acessibilidade para se comunicar. A história dele se entrelaça com o sequestro, já que a professora preferida dele está no veículo sequestrado. Porém, ele não tem papel passivo na história; ele não fica apenas lá, assistindo TV e esperando o desfecho do sequestro. Ele tem um papel ativo, e eu diria até decisivo.

Suka: Se quiser escrever mais alguma coisa que acredita ser interessante fique à vontade. 
Marcel: Cela sem portas é um título que alguns podem estranhar, mas eu achei interessante e o escolhi, diferente do primeiro livro (O próximo alvo), cujo título foi escolhido com a ajuda da então editora Bookmakers.
Eu revelo o porquê desse título somente nos dois últimos parágrafos do livro. Claro que o leitor pode já ter desconfiado ao chegar ao final, mas eu só dou a certeza nesses últimos parágrafos.

Agradeço ao Marcel pela parceria e por ter se disponibilizado a responder a entrevista.

4 comentários:

  1. O livro é bem original, né? Bacana a mulher dele ter dado essa força pra ele publicar. Muitos escritores não têm apoio da família. A entrevista ficou muito boa. Simples e bem esclarecedora. Fiquei super curiosa pra ler o livro.

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  2. Que legal! A entrevista foi muito interessante!

    ResponderExcluir
  3. Que interessante, é sempre curioso descobrir como se descobrem escritores :D

    Um beijo, Carol
    Blog com V.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita!
Volte Sempre!