[Entrevista] Autora Mari Scotti

A entrevista hoje é com nossa queria autora Mari Scotti



Suka: Fale um pouco sobre você: 
Mari: Sou Mari Scotti, escritora de romances, fantasia e tudo o que me der vontade de escrever. Sou louca pra escrever uma distopia (sempre quis contar isso! Haha). Tenho 36 anos de idade e só me redescobri escritora há pouco mais de cinco. Amo ler, cantar, tocar teclado e escrever. Sou evangélica por escolha e não imposição. E amo a minha sobrinha Rebeca! 

Suka: Você sempre quis ser escritora?
Mari: Descobri esse desejo muito nova, depois que li um livro que minha mãe estava escrevendo (Uma janela fechada). Ela se tornou a minha heroína e, desde então, comecei a tentar. Aos vinte e oito foi que percebi que esse desejo permanecia dentro de mim e comecei a arriscar. Não parei mais.

Suka: Como surgiu a ideia de escrever o livro Montanha da Lua – A Maldição dos Hallinson?
Mari: A trama de Montanha da Lua surgiu depois que eu e uma amiga escrevemos parte do prólogo (a escritora Fernanda Reis). Nossa primeira ideia era uma espécie de releitura de Chapeuzinho Vermelho, mas não conseguimos mais tempo para escrever e eu estava apaixonada pelo gênero de época, uma coisa puxou a outra e a trama da Mical e de um homem viúvo amaldiçoado surgiu e tudo se tornou romance de época.

Suka: O Segundo livro da Família Hallinson – A Noiva Devota, foi lançado recentemente, você já está escrevendo um terceiro livro ou paramos por ai?
Mari: Estou com o roteiro do terceiro livro praticamente pronto, mas como ele acontece ao mesmo tempo em que o segundo, algumas cenas se encontram e preciso ser bem detalhista para não cometer falhas. Mas, devagar ele está ganhando páginas. 

Suka: Quais outros livros você já escreveu? Ou pretende escrever?
Mari: Publicados eu tenho 8 livros. Pretendo publicar mais três este ano e jamais parar. Então, não tenho como mensurar quantos ainda escreverei. Espero que centenas até morrer.

Suka: Quanto tempo levou para escrever o livro A Noiva Devota?
Mari: Três meses mais ou menos. Depois precisei lapidar, revisar, reajustar e etc.

Suka: Quem te apoiou na sua ideia (editora, família, amigos)?
Mari: Se compreendi bem a pergunta, a ideia é sobre ser escritora. Bom, a minha família me apoiou muito, principalmente minha tia Célia. Ela foi quem me patrocinou com o primeiro livro e sou muito grata por isso.

Suka: Fale um pouquinho sobre seu livro.
Mari: A noiva devota é um romance que centra na história de Samuel Hallinson, o segundo varão em uma casa com um título e uma herança forte relacionada ao amor. Também conta a história de Rosalina Acker que é a segunda donzela de sua casa e ainda possui uma deficiência de nascença, o que a torna a filha menos importante. No entanto, ela não guarda rancor ou distrata os outros por se sentir inferior, o oposto, trata a todos com devoção, carinho e cuidado. Ela é apaixonada por Samuel Hallinson desde a meninice. Apesar de ser devotada ao noivo, ela sabe que ele não deseja o matrimônio e é capaz de abrir mão de sua honra para fazê-lo feliz. Nessa jornada, Rosalina terá de ser paciente, firme, delicada e forte ao mesmo tempo. Terá de pensar no outro antes de si mesma e suportar a indecisão de Samuel em relação a tudo o que o cerca. E, mesmo com uma personalidade tão altruísta, não será tão fácil decidir se deixa o amor de sua vida livre ou o força a permanecer ao seu lado.

Suka: Se quiser escrever mais alguma coisa que acredita ser interessante fique a vontade. 
Mari: Obrigada pela oportunidade de falar um pouco sobre a minha história e livros. Desejo todo o sucesso ao seu blog. Beijooo.


Quero agradecer a Mari pela entrevista!
E não deixem de conferir as resenhas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita!
Volte Sempre!