[Resenha] O Doce Luar da Primavera


Livro: O Doce Luar da Primavera
Autor: Guto Cruz
Páginas: 112
Ano: 2016

Sinopse: De vez em quando eu me dispunha a rabiscar uns versos, verbos, verbetes. Eram curtos, sem muito conteúdo. Eu tentava, por vezes, escrever e descrever o que sentia, via e imaginava. Para falar a verdade, eu sentia, via e imaginava muito mais do que pudera escrever. Não tinha o dom, mas tinha vontade. Tinha necessidade.Todavia, a cada linha que percorria, aliviava-me a alma. Descarregara um peso que teimava em acumular. Com o tempo, tornava-se cada vez mais comum transferir meus pensamentos para o papel. Qualquer ideia solta virava verso. Logo já era prosa. Não era intencional. Quando logo vira, já estava transcrevendo tudo que se passava em minha mente e principal: em meu coração. Dedicando-me à escrita tive um aprendizado: não tinha dom para escrever, mas podia sentir, ver e imaginar... o que, pra mim, valia muito mais.


A leitura desse livro simplesmente flui e em menos de 2 horas eu já havia terminado de lê-lo.

"Eu precisava me expressar de alguma maneira. Por mais espontâneo, alegre e falante que eu fosse, tinha muita dificuldade em conversar sobre o que se passava dentro de mim com as pessoas que estavam comigo. E eram muitas. Sempre rodeado de afeto mas nunca me senti confortável em expor algumas ideias."

O autor trás uma mistura de contos e poesias, é perceptível que é através deles que conhecemos um pouco mais sobre o autor (pelo menos foi o que eu achei), é um livro reflexivo e ao mesmo tempo motivador, me identifiquei em diversos trechos.

"Você é o dono da sua própria história, você decide se quer ser o mocinho ou o vilão. As atitudes revelam diversos caminhos que a história tende a seguir. Entre pulos e tropeços cada página é escrita. A cada vitória, um incentivo; com cada erro, uma lição. E como a cabeça erguida, luta por um final feliz."

O Guto sabe brincar com as palavras e isso nos envolve, a trechos melancólicos e outros divertido e é dessa forma que a história simplesmente flui.

"A poesia festeja essa merda de vida."

É um livro curtinho de 112 páginas que vale muito a pena ser lido.

Quer adquirir o livro? Acesse

6 comentários:

  1. Su, tô muito feliz com a tua leitura 💕 É sempre muito importante pra mim quando alguém se envolve com minhas palavras. Pois sei que nesse universo de Letras que tanto amamos, podemos aprender uns com os outros! Obrigado por tudo!!! Um beijãoooo!

    Guto

    ResponderExcluir
  2. É um livro maravilhoso!!! Adorei seu post!

    Um beijo, Carol
    Blog com V.

    ResponderExcluir
  3. Adorei esse título. Amei a proposta do livro! Vou querer lê-lo, sim! Grata pela dica!


    Eliziane Dias

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita!
Volte Sempre!