[Resenha] O Homem Que Via Monstros


Livro: O Homem Que Via Monstros
Autor: Clayton De La Vie
Páginas: 110
Ano: 2017

Sinopse: A única maneira que ele encontrou para expor seus crimes, sem precisar se preocupar se seria ou não investigado pela polícia, foi narrá-los diante de um grupo de apoio, no presídio, criado por uma psicóloga.
O Homem Que Via Monstros, como era conhecido, passou meses diante do grupo sem dizer uma palavra sequer. No entanto, viu a oportunidade que a vida lhe estendia e resolveu, no ato mais sábio de toda a sua existência, que aquele era o local ideal para se abrir, contar o que os policiais jamais descobriram. Contudo, o motivo pelo qual ele parou ali ainda é um mistério, e a doutora pretende fazê-lo falar.
Ela queria ouvir uma boa história, e ele desejava ter a sua plateia. Quando duas mentes assim se encontram, não pode vir boa coisa.

A leitura desse livro é muito fluida, uma história fantástica de se ler e rica em detalhes.
A história é narrada por prisioneiros em suas sessões psicológicas em grupo no presídio, a cada sessão descobrimos  o que levou essas pessoas serem presas.
O livro irá intercalar entre o passado e o presente.

"O que ele, em sua condição infantil, julgava ser monstros não era nada além da condição natural de cada um. Ele via o que a pessoa era interiormente, não o que ela queria apresentar à sociedade."

E teremos detentos com histórias bastante interessantes, como a história do homem que via monstros, que resolve contar o que o levou até aquela situação.
Também teremos a narrativa da policial responsável pelo caso do serial killer e a narrativa da psicologa que não é nada ética.

"No entanto, é justamente o amor que nos transforma em monstros.O amor que nos faz cometer atrocidades."

É um livro que vale muito a pena ser lido, pois ele consegue nos envolver de uma forma surpreendente.

Quer adquirir o livro? Acesse aqui!
E não deixem de conferir a resenha do outro livro do autor Seres do Além (aqui)

4 comentários:

  1. Esse livro parece que vou amar quando eu ler, amo coisas que tem psicologia ou problema psicológico envolvido.

    ResponderExcluir
  2. Oi! Achei bem interessante a história e o jeito que o bandido usou para relatar seus crimes. Bjos <3

    clickliterarioblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Su! Achei bem interessante a premissa e fiquei curiosa. Parece ótimo. Parabéns pela resenha.

    Um beijo, Carol
    Blog com V.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita!
Volte Sempre!