[Resenha] Manual da Mulher Bem Resolvida


Livro: Manual da Mulher Bem Resolvida
Autora: Taty Ferreira
Páginas: 240
Ano: 2015
Comprar: Físico

Sinopse: Não se iluda! Este não é um manual que vai transformá-la em uma mulher bem resolvida da noite para o dia. Sinto muito se essa era a sua intenção. A ideia é fazer você perceber que existem outras maneiras de enxergar e vivenciar a vida, mais originais e divertidas. O fato de você estar louca para ler este livro também não a faz uma mulher mal resolvida, alguém que precisa de lições para aprender como lidar com as situações mais diversas. Principalmente porque, antes de tudo, somos mulheres, e mesmo as mais bem resolvidas têm seus momentos de dúvida e desilusão, não é mesmo? Este livro é um bate-papo sincero, que não pretende impor posições ou criar estereótipos. São apenas os pontos de vista de alguém que adora tagarelar sobre a alma feminina. Você pode concordar ou discordar como sempre acontece em uma roda de amigos...

Apesar de ser intitulado Manual, o livro não é nenhum manual que vai te dizer que você tem que fazer isso ou aquilo, ou deixar de fazer algo. nem vejo ele como um livro de auto ajuda.

"O corpo é seu, só seu, e você não conseguirá trocá-lo com ninguém; no máximo, poderá modificá-lo. Você o usa como quiser e com quem quiser, mas tem de cuidar bem dele e assumir as consequências do que decidir fazer."

Para mim é um livro onde a autora expõe sua opinião sobre os mimimi que nos mulheres passamos ou passa, as vezes dificultamos coisas que seriam bem simples de resolver, mas falta aquela voz amiga para abrir seu olho, e é isso que a Taty faz em seu livro, ela abre nossos olhos para coisas que só vão facilitar nossas vidas.

"Problemas pequenos têm solução simples. Às vezes, estamos tão consumidas por algum sentimento de possessão, egocentrismo ou pretensão que não conseguimos sequer analisar a solução mais prática e simples; já saltamos logo para o drama."

A Taty tem um canal no youtube o Acidez Feminina, assisti alguns de seus vídeos e super me identifiquei com ela, pois ela fala e fala mesmo, meio que nem ai para o que os outros vão pensar, foi por isso que resolvi ler o livro e confesso que gostei bastante.

"Já que de qualquer maneira serei julgada, nunca deixarei de fazer o que quero fazer."

É algo que nos faz refletir sobre nossas atitudes no dia a dia e a convivência com outras pessoas.

10 comentários:

  1. Oi Sue!
    Esse livro parece bacana! Para mim seria uma boa leitura, já que preciso meeeesmo de alguém para abrir meus olhos.
    Quem sabe não encontro a resposta para algumas questões minhas hahah
    Bj

    ResponderExcluir
  2. Ola,
    Não conhecia o livro e agora pode me julgar mas já fiquei com o pé atrás quando disse que a autora tem um canal no youtube e fiquei me perguntando se não é somente mais uma que escreveu qualquer coisa para pegar carona na sua "fama" de tantos inscritos no canal.Enfim, não sei se leria mas vou tentar colocar meu pre conceito de lado e pelo menos ver um video no youtube.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Muito bom, eu tenho uma filha pequena e quero que ela seja bem resolvida quando for adulta, por isso até pra mim essa leitura é boa e quando ela puder ler também, com certeza vou recomendar.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o livro embora eu conheça a autora.
    Nem sabia que era um estilo de auto ajuda. Mas saber disso e ainda que é de uma youtuber me deixa mega com o pé atrás referente a leitura.
    Gostei de sua resenha e seu olhar sobre a leitura, mas acho que no momento eu vou passar a dica!

    Beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?

    O livro tem uma cara de auto-ajuda que me afasta dele correndo. Passa a sensação daquele papo que a amiga sempre tenta ter com você no momento em que você não está legal ou que tomou o pé na bunda.
    Não sei, não parece ser muito para mim não, nem para as minhas loucas de plantão. Isso porque nossas inseguranças são bem resolvidas. Todos tivemos avós maluquetes e modernosas que deram conselhos mega práticos que levamos pela vida.

    Se um dia conhecer alguém que ache que precise de um manual com conselhos que a avó deveria ter dado, indicarei o livro.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu não curto muito esse gênero de livro, mas acho que ele é bem útil e pode ajudar e esclarecer muitos dilemas que muitas mulheres vivem hoje em dia. Acho que é uma leitura bem válida.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Oie!!!!
    Nossa eu acompanho o canal da autora no youtube e eu nem tinha ideia que a mesma havia escrito um livro.
    Que legal isso gente!!
    Não conhecia o livro como disse, mas acho que é algo que eu leria pela curiosidade na escrita da autora e como ela bordou o assunto, pois no canal ela é tão extrovertida, queria saber se no livro ela é dessa forma tbm haha

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem? Confesso que no início me senti um pouca confusa por ter no título manual e não ser um rs Porém entendi que é a opinião da autora, e fiquei bem curiosa como ele vai quebrar os tabus. Ótima resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem? Gostei do post! Eu acompanhava o canal da Taty... lembro que curtia alguns vídeos. Gostei de conhecer esse livro, mas realmente não sei se leria. Quem sabe futuramente!

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Suelane! Tudo bem?
    Nunca ouvi falar dessa youtuber agora autora, mas gostei da proposta do livro dela, que não se parece nada com qualquer auto-ajuda que eu já vi por aí. Vou procurar o canal e assistir!
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita!
Volte Sempre!