[Resenha] A Caçadora de Dragões


Livro: A Caçadora de Dragões
Autora: Kristen Ciccarelli
Páginas: 384
Ano: 2018
Comprar: Físico

Primeiro volume de uma trilogia fantástica, em que dragões e humanos estão em guerra — e cabe a uma garota matar todos eles.Quando era criança, Asha, a filha do rei de Firgaard, era atormentada por sucessivos pesadelos. Para ajudá-la, a única solução que sua mãe encontrou foi lhe contar histórias antigas, que muitos temiam ser capazes de atrair dragões, os maiores inimigos do reino. Envolvida pelos contos, a pequena Asha acabou despertando Kozu, o mais feroz de todos os dragões, que queimou a cidade e matou milhares de pessoas — um peso que a garota ainda carrega nas costas. Agora, aos dezessete anos, ela se tornou uma caçadora de dragões temida por todos. Quando recebe de seu pai a missão de matar Kozu, Asha vê uma oportunidade de se redimir frente a seu povo. Mas a garota não vai conseguir concluir a tarefa sem antes descobrir a verdade sobre si mesma — e perceber que mesmo as pessoas destinadas à maldade podem mudar o próprio destino.

Primeiro livro de uma trilogia, em a caçadora de dragões iremos conhecer a história de Asha, filha do rei de Firgaard, quando criança ela era atormentada por pesadelos e sua mãe toda a noite ia para o quarto dela contar antigas histórias, porém, essas histórias eram proibidas no reino, pois elas atraiam dragões e eles eram inimigos do reino.

" - Um tolo pode ter certeza de qualquer coisa, mas não significa que esteja certo."

Sempre fascinada pelas histórias, Asha acabou atraindo Kozu, o dragão mas feroz que acabou queimando o reino e matando milhares de pessoas, achando-se culpada pelo acontecido, quando Asha cresce, ela passa a matar dragões e entregar a cabeça deles ao rei numa bandeja.
Ela foi prometida a Jarek, que na época do ataque de Kozu, perdeu toda a sua família, mas em contrapartida acabou se tornando o comandante do exército do reino.

"Precisamos sofrer grandes dores para nos fortalecer contra a maldade, o rei-dragão havia dito a ela anos antes."

Porém, o pai de Asha propõe a ela que, se ela trouxer a cabeça de Kozu antes do dia do seu casamento, destruindo assim as histórias antigas, ela não precisará casar.
Enquanto parte em busca do dragão, o Antigo (que seria tipo um Deus), lhe dá tarefas e no decorrer de sua caçada ela irá descobrir algumas verdades referente a sua própria vida.
É uma história que quanto mais você lê, mais você quer saber o que irá acontecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita!
Volte Sempre!