[Filme] Mare Nostroum

O filme se inicia com o encontro de dois homens Nakano (Edson Kameda) e João (Ailton Graça) para a venda e compra de um terreno em baixo de forte chuva, quando o acordo é firmado entre eles a chuva se interrompe e abre um belo sol, que não fica muito bem explicado no início. Deste ponto em diante as cenas serão bem recheadas de diálogos, uma história de poucos personagens. Conheceremos Roberto (Silvio Guindane) filho do João que devido à crise na Espanha volta ao Brasil com grandes problemas financeiros e um sonho de escrever um livro sobre o jogador esquecido e Mitsuo (Ricardo Oshiro) que voltou com a esposa do Japão após enfrentar grandes dificuldades lá. 
Os dois irão se encontrar quando Roberto e sua mãe decidem vender o terreno, paralelo a isso vemos a tentativa dele de se aproximar de sua filha e de Mitsuo em arrumar uma nova atividade.
Mare Nostroum é uma história de duas famílias com problemas financeiros e afetivos que tentam dar o melhor de si. É um drama com uma pitada de fantasia, que começa bem, no meio se perde, mas o final consegue retomar e finalizar bem.


Sinopse: Roberto (Silvio Guindane) e Mitsuo (Ricardo Oshiro) são dois desconhecidos que, após uma série de coincidências, voltam para o Brasil no mesmo dia, depois de um longo tempo no exterior. Eles se encontram devido a um terreno que foi negociado por seus pais decádas atrás e decidem tentar ganhar dinheiro em cima do local. No entanto, eles entram em conflito quando começam a achar que o lote possui poderes mágicos.
Direção: Ricardo Elias
Elenco: Silvio Guindane, Ricardo Oshiro, Carlos Meceni
Gênero: Drama

Assista ao Trailer:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita!
Volte Sempre!