[Lançamento] Agosto - Catálogo Literário Record


Confiram os lançamentos do Catálogo Literário Record par ao mês de Agosto:


Nos anos 1950, o Hotel da Torre, com seus 28 quartos, era a maior atração da pequena Londres, em Vermont. As irmãs Piper e Margot e sua amiga, Amy Slater, costumavam brincar lá, até o dia em que as brincadeiras desenterraram algo macabro e sinistro do passado dos Slater — algo que determinou o fim da amizade de Piper e Margot com Amy.
Com o passar dos anos, as irmãs fizeram tudo o que puderam para deixar o episódio para trás e seguir com a vida; Até que um dia Piper recebe uma ligação de Margot em pânico: Amy e sua família estão mortos, supostamente pelas mãos da própria Amy. Só que, antes de morrer, Amy deixou escrita uma mensagem que as irmãs sabem ser direcionada a elas: "29 quartos".


O casamento perfeito ou a mentira perfeita? Grace é a esposa perfeita, que abriu mão do emprego para se dedicar ao marido e à casa.
Ela é casada com Jack, o marido perfeito, - um advogado especializado em casos de mulheres vítimas de violência que nunca perdeu uma ação no tribunal.
Os dois formam um casal perfeito. Mas por que Grace não abre a porta quando a campainha toca e não atende o telefone de casa? E por que há grades na janela do seu quarto?


Norma Ross e sua mãe, Anita, sempre estiveram unidas pela relação familiar e por um segredo: os cabelos de Norma crescem de forma sobrenatural, sujeitos às menores mudanças de humor da jovem.
Mas, quando Anita morre num suposto suicídio, Norma vasculha o apartamento da mãe, se deparando com vídeos e fotos que mostram que ela sabia muito mais sobre sua condição do que dizia. Por isso, Norma inicia uma jornada em busca da verdade, que pode levá-la para um caminho tortuoso, sombrio — e sem volta.


O jovem Jacques é o professor de um pequeno povoado. Seu pai, um jovem forasteiro francês, que abandonou o filho e a esposa. Um dia, ao visitar a cidade vizinha para ir à primeira vez a um bordel, Jacques tem uma grande surpresa, e a explicação de tudo pode estar muito perto dele.
Um pai de cinema foi a inspiração para o longametragem O filme da minha vida, produzido e dirigido por Selton Mello.



O romance que consolidou Antonio Skármeta como um dos autores mais representativos da nova literatura latino-americana. O encontro fictício entre Mario Jiménez, um afortunado carteiro, e Pablo Neruda.
Uma inesquecível homenagem a Neruda, ao amor e à poesia.
A adaptação cinematográfica de O carteiro e poeta conquistou o mundo e recebeu cinco indicações ao Oscar.



Romance do século XVIII, clássico da literatura portuguesa. José das Dornas, lavrador de uma área rural portuguesa do século XVIII, tem dois filhos: Pedro, trabalhador e seu sucessor nos negócios, e Daniel, sonhador e alheio às preocupações do pai. Acatando a sugestão do reitor da paróquia local, Daniel é enviado para o Porto, de onde volta anos depois, formado em medicina e com ideias liberais que vão conflitar com a mentalidade conservadora da aldeia.
A obra é considerada um dos romances mais significantes de Júlio Dinis, junto com Os fidalgos da Casa Mourisca.




Edmund Burke, Thomas Paine e o nascimento da esquerda e da direita.
Em tempo de posições extremas, é fácil esquecer que nosso sistema político é mais do que discussões partidárias, clamor de grupos de interesses e algumas frases de efeito. É uma janela para conjuntos contrastantes de crenças filosóficas sobre a natureza da liberdade, da igualdade e da democracia. Em O grande debate, Yuval Levin explora as raízes da divisão entre esquerda e direita ao examinar as visões dos homens que melhor representaram cada lado em sua origem: Edmund Burke e Thomas Paine.


Otimista, Progresso desafia os ―catastrofistas da política e da mídia, e faz um chamado a que renovemos a esperança.
Ao examinar dados oficiais dos Estados Unidos, do Banco Mundial e da Organização Mundial da Saúde, Johan Norberg analisa quão longe chegamos em relação às questões mais importantes da humanidade.
Ele sustenta que, ao contrário do que muitos pensam, nosso avanço ao longo das últimas décadas foi incomparável: a despeito, por exemplo, das notícias catastróficas ouvidas diariamente, que nos apresentam um cenário segundo o qual nosso mundo estaria à beira do colapso, fizemos mais progresso nos últimos cem anos do que nos primeiros 100 mil, e a pobreza mundial diminuiu mais nos últimos cinquenta anos do que nos quinhentos anos anteriores.



Por volta de 1992, Bernard Madoff, fundador e presidente de uma das sociedades de investimento mais importantes de Wall Street, começou a articular um esquema Ponzi com conexões no mundo todo. O mago das mentiras narra a história da maior fraude financeira de todos os tempos.
A produção homônima da HBO, exibida em maio de 2017 e baseada neste livro, traz Robert De Niro no papel de Bernie Madoff, e Michelle Pfeiffer como sua esposa. Com 2,4 milhões de espectadores no final de semana de estreia, foi o filme mais bem-sucedido da emissora em quatro anos.


Um presente à cultura popular, do coautor de Dicionário da história social do samba, vencedor do Jabuti de melhor livro de não ficção em 2015. Coisas nossas, de Luiz Antonio Simas, é uma reunião de crônicas que celebra a cultura de rua do Rio de Janeiro, em especial da Zona Norte e do subúrbio.
Esta riquíssima seleção – de fina ironia, irreverência e brasilidade – é um presente à cultura popular. Nela, Simas apresenta um Rio não para chamar de seu, mas para chamar de nosso, de coisa nossa.


Omar Salomão fez o tempo passar devagar para o leitor observar atento os sentidos mais claros, conduzindo o olhar para as sutilezas do dia a dia. Mas não apenas estes reparos povoam os poemas, as fotografias e os desenhos desta compilação. Omar destrinchou a palavra, pois ainda tinha pendente um ofício de reparar: como se alguém precisasse de remendo, de restauro, seus versos são também consertos, voltas. O desejo de reconstruir o que foi atingido por estragos passados. Omar fez de Pequenos reparos um diálogo entre seu trabalho plástico e literário, um artista moldando a linguagem e seus limites.


Livro do poeta autor de Estranherismo e sucesso na internet. Ao retratar a mulher da infância à maturidade, Zack Magiezi mergulha no universo e na aura femininos revelando suas nuances, facetas e matizes. Dos picos de solidão noite adentro às alegrias ensolaradas à beira-mar; dos cheiros e tatos da inocência às expectativas que ora se cumprem ora se quebram; dos sonhos que reconfortam à realidade que lapida. Os vislumbres e as impressões; sentimentos e sensações; gestos, fotos, livros, discos, pessoas: nada foge ao autor. Obra inédita inspirada na série de textos que conquistou as redes sociais, Notas sobre ela é, em essência, sobre todas elas.



Uma aventura do universo Discworld.
A Vigilância Noturna da Guarda Municipal de Ankh- Morpork é formada pelo Cabo Cenoura (tecnicamente um anão), o Policial-Lanceiro Porrete (de fato um anão), o Policial-Lanceiro Detritus (um troll), a Policial-Lanceira Angua (uma mulher... na maior parte do tempo) e o Cabo Nobbs (desqualificado da raça humana por agressão física). Eles precisarão de toda a ajuda possível, pois uma nova ameaça está à solta: tão letal quanto um dragão, porém mecânica e totalmente desalmada. Algo que mata sem qualquer escrúpulo. A primeira arma de fogo de Discworld.
Todos a postos!


Uma história vívida e detalhada sobre amor e perda em tempos de guerra.
Em uma madrugada cinzenta de 1943, Chiara Ravello caminha pelos arredores do bairro judeu de Roma quando vê um grupo de pessoas sendo obrigado a embarcar em caminhões. Uma judia chama sua atenção e diz para o filho de sete anos acompanhar Chiara. Fingindo que o garoto é seu sobrinho, Chiara, que havia abandonado a ideia de ser mãe, salva o menino, Daniele, da morte certa e tem a chance de criá-lo como se fosse seu próprio filho.



Uma história simples conta a emocionante história de um homem comum em busca de uma glória
incomparável. Em janeiro de 2011, a jornalista argentina Leila Guerriero viajou até um povoado de
seis mil habitantes com o objetivo de contar a história de uma competição anual de dança típica tão secreta quanto prestigiada: o Festival Nacional de Malambo de Laborde. Na segunda noite, a autora viu-se diante de Rodolfo González Alcántara, dançarino cuja apresentação deixou-a boquiaberta e a impeliu a contar a trajetória desse homem. Para isso, acompanhou-o até o ano seguinte, quando ele subiu ao palco do Festival novamente em busca do título de campeão.


Escritora, ativista, organizadora e líder inspiradora, Gloria Steinem narra um relato sincero da sua vida como viajante. Minha vida na estrada é a história emocionante e profunda sobre o crescimento de Gloria e também de um movimento revolucionário em busca de igualdade — e como encontros
surpreendentes na estrada ajudaram a moldar ambos.
Gloria Steinem é escritora, conferencista, editora e ativista feminista. Cofundou a revista Ms. e permaneceu em seu editorial por quinze anos, depois ajudou a fundar a revista New York.


O aguardado desfecho da saga "A Casa das Sete Mulheres".
Giuseppe e Anita Garibaldi viveram e lutaram em três países diferentes: no sul do Brasil, à época da Revolução Farroupilha, em Montevidéu, no cerco de Rosas, e na unificação da Itália. Apaixonados um pelo outro, Giuseppe e Anita foram verdadeiros amantes da liberdade. Tudo está aqui neste livro: as grandes batalhas históricas e as pequenas batalhas do dia a dia. Todos os fãs de "A Casa das Sete Mulheres", romance que virou série de TV e já foi publicado em vários países, agora têm o prazer de reencontrar a prosa de Leticia Wierzchowski, autora que domina com maestria a narrativa do romance histórico.

Fica a dica! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita!
Volte Sempre!